Psicologia Positiva

Partindo da ideia de felicidade de Aristóteles (eudaimonia), a Psicologia Positiva acredita na felicidade como resultado de uma vida virtuosa. A partir desse princípio, os pesquisadores compilaram e estudaram mais de duzentos códigos de conduta das culturas oriental e ocidental, tais como a Bíblia, Alcorão, Bushido (código moral dos samurais), a filosofia moral etc, procurando virtudes comuns a todos eles.

Chegaram, assim, a seis virtudes: sabedoria, coragem, amor, justiça, moderação e transcendência.

O próximo passo surgiu do questionamento: Quais as características que um ser humano deveria ter para conquistar tais virtudes?

Os pesquisadores chegaram, assim, a 24 características, as quais chamaram de forças pessoais.

A Psicologia Positiva acredita que todas as pessoas tenham suas forças pessoais, que corresponderiam àquilo que de melhor temos a oferecer ao mundo. É claro que temos outras qualidades além de nossas forças pessoais. Contudo, somente as forças são derivadas das chamadas virtudes ubíquas.

Conheça suas forças de Caráter fazendo o teste clicando abaixo.

Image by Dlanor S

FLORESCER